Banner

Dupla Titulação: Experiência internacional e graduação em dobro

 Através do programa de dupla titulação, alunos da Unifor têm a oportunidade de estudar no exterior e obter dois diplomas de graduação, tanto pela universidade brasileira quanto pela estrangeira.

 

un248-un26 

Os alunos Gabriela Mamede, Ramon Coelho, Vanessa Meier, e Guilherme Cirino em Deggendorf, na Alemanha

 

O sonho de estudar fora é, a cada dia, uma realidade mais próxima dos alunos de graduação. O incentivo para que eles possam ampliar aprendizados, vivenciar outras culturas e realidades fora do Brasil cresce na medida em que a internacionalização do ensino vem se tornando pauta importante na educação brasileira. Na Unifor, o programa de dupla titulação oferece, aos alunos do Centro de Ciências da Comunicação e Gestão (CCG), a oportunidade de estudar fora do Brasil e adquirir a dupla titulação acadêmica, ou seja, obter tanto o diploma da Unifor quanto o da instituição estrangeira.

 

O programa é realizado desde 2008, implantado por meio de convênios desenvolvidos entre Unifor e University of Applied Sciences, em Deggendorf, na Alemanha, e Novancia Business School, em Paris, na França. A oportunidade é ofertada a estudantes dos cursos de Comércio Exterior, Economia e Administração. Os alunos de Comércio Exterior podem optar entre as universidades alemã e francesa. Já os de Economia podem ir para Deggendorf e os de Administração para Paris. A seleção de alunos é semestral para Deggendorf e anual para Paris.

 

De acordo com o coordenador do programa, prof. Núbio Vidal, “cada uma das instituições tem uma perspectiva diferente. Deggendorf trabalha prioritariamente com gestão internacional. Já Novancia tem um foco maior em Marketing Internacional. Também abrimos um novo programa há pouquíssimo tempo para a Berlin School of Economics and Law”.

 

Pra o prof. Núbio Vidal, trata-se de um diferencial que pode alavancar a carreira dos futuros profissionais. “Primeiro pela vivência. O aluno vai passar um ano fora, conhecendo outras pessoas, desenvolvendo uma rede de contatos que eventualmente será útil a ele. Outro ponto importante é a questão do diploma. Ao concluir os estudos na Unifor, ele receberá o diploma daqui e o internacional. Caso queira, eventualmente, voltar para trabalhar na Europa, por exemplo, tem essa possibilidade”. Ainda de acordo com o professor, a experiência gera maturidade, capacidade de adaptação e independência.

 

Na gestão, é necessário conhecer a cultura local do mercado que se pretende atuar. Com o diploma de gestão internacional, o aluno desenvolve habilidades para se inserir em mercados diferentes. Para Severino Barbosa, aluno de Comércio Exterior, conviver com diferentes nacionalidades é uma grande oportunidade. “É muito importante para a nossa área o contato com pessoas de vários países. Conhecer outras culturas e outras metodologias de ensino”.

 

A Alemanha, como destino, sempre esteve nos planos de Vanessa Meier, também aluna de Comércio Exterior. “Sempre quis morar fora, ir para a Alemanha sempre foi meu sonho. E no fim ter um diploma que vai valer na União Europeia é maravilhoso. Também tem a vantagem de que eu não vou atrasar o curso aqui no Brasil, nem perder cadeiras. É uma excelente oportunidade”.

 

Gabriela Mamede, também aluna de Comércio Exterior, tem expectativa de conhecer novos mercados. “O sistema é um pouco diferente do que temos aqui no Brasil. Eles dão uma liberdade maior, mas isso não significa que tenha menos trabalho, ao contrário. Vamos ter disciplinas dinâmicas, onde vamos interagir com pessoas de outros países. É importante para criar contatos”.

 

Guilherme Cirino, aluno do curso de Administração, também vai participar do programa. O que o motivou a buscar a dupla titulação foi a possibilidade de fazer contatos profissionais. “O curso lá é muito pragmático. As cadeiras lá são de projetos, de estudos de caso, então toda teoria que a gente aprendeu aqui na Unifor, vamos ter a oportunidade de aplicá-las e ver como elas funcionam na prática”.

 

Para participar do programa de dupla titulação, os estudantes interessados devem estar matriculados, ter média igual ou superior a 8,0, apresentar cartas de recomendação de dois professores e escrever uma carta de intenções. É preciso ainda que tenham proficiência em inglês e cursado a cadeira de Estágio Supervisionado, além do mínimo de três disciplinas ofertadas, na língua inglesa, pela própria Unifor. Aqueles aprovados no processo seletivo não pagam mensalidades nem na Unifor, nem na universidade estrangeira, somente as matrículas.

 
Banner
Banner

Unifor Notícias | Portal Unifor | Fundação Edson Queiroz
Estude na Unifor | Central de Atendimento | Twitter
Fundação Edson Queiroz todos os direitos reservados