Banner

Unifor vence prêmio Nacional em Gestão Educacional

O projeto Polo de Produção de Vassouras de garrafas PET da Comunidade do Dendê venceu na categoria Responsabilidade Social e reafirmou o reconhecimento nacional da instituição.

 

 

A Universidade de Fortaleza foi escolhida como uma das finalistas do Prêmio Nacional de Gestão Educacional (PNGE) 2015, na categoria de Responsabilidade Social do  Ensino Superior com o projeto “Aonde os sonhos podem chegar: Polo de Produção de Vassouras de garrafas PET da Comunidade do Dendê”. O trabalho, coordenado pela Divisão de Responsabilidade Social da Unifor foi eleito pela comissão do prêmio, conforme seu regulamento, e contemplado no dia 25 de março em São Paulo, na ocasião do XIII Congresso Brasileiro de Gestão Educacional (Geduc), como Vencedor Prata. 

un248-un25

Projeto tem como objetivo desenvolver habilidades de liderança e cooperativismo 

 

A criação do polo foi muito importante para a comunidade, que vinha participando, por meio da Unifor, de oficinas de reciclagem. Os moradores aprenderam a fabricar as vassouras de forma artesanal, utilizando como matéria-prima garrafas PET. As oficinas foram fruto de visita realizada a Tauá em maio 2014, quando a Universidade de Fortaleza firmou um termo de cooperação técnica com a Prefeitura daquele município cearense com o objetivo de desenvolver pesquisas e capacitar profissionais, além de compartilhar experiências de convivências comunitárias. “Durante a visita, um dos projetos que mais chamou a atenção do Dr. Airton Queiroz, chanceler da Unifor, foi o processo de reciclagem que eles têm lá, em especial a reciclagem da garrafa PET, conta o vice-reitor de Extensão da Unifor, prof. Randal Pompeu.

 

Como incentivo para o projeto, a Fundação Edson Queiroz reformou as instalações do Centro Comunitário do Dendê, que agora serve de espaço para realização do trabalho e de outros cursos realizados pela Unifor para a comunidade. “A Universidade, desde sua criação, é envolvida com a questão da responsabilidade social e realiza vários projetos. As instalações do Conselho Comunitário, agora reformado, é um espaço muito importante, um local para implementar diversos projetos”, aponta o prof. Randal Pompeu. Pensando que a implantação do Polo de Produção de Vassouras PET constituiu ganhos significativos para a Comunidade, o chefe da Divisão de Responsabilidade Social, prof. Carlos Eufrásio, inscreveu o projeto na certeza de que o mesmo teria êxito e traria reconhecimento nacional à universidade. “Inscrevemos o projeto para ter visibilidade nacional aos bons êxitos na parte de gestão acadêmica, na parte de responsabilidade social. No ano passado,a Universidade participou por meio da Escola de Aplicação Yolanda Queiroz.Mostramos o trabalho que a escola faz com as crianças e ganhamos como a melhor escola em termos de gestão educacional na área de prestação de serviço e atendimento à comunidade. No edital desse ano optamos por inscrever o Polo de Vassouras de garrafa PET e tivemos sucesso com o resultado”, explica.

 

O objetivo desse projeto foi desenvolver as habilidades de liderança e de cooperativismo a partir da produção de vassouras de garrafas PET, como um grande polo produtivo comunitário, para que o processo de produção favorecesse a inclusão social e produtiva. Uma das responsáveis pelo projeto de vassouras com garrafa PET é Antônia Agostinho de Souza, a dona Toinha, presidente do Conselho Comunitário de Defesa Social do Bairro Edson Queiroz. Para a articulista comunitária o projeto chegou no momento certo. “Eu sou a presidente da instituição e busco muito ter essas oportunidades. Nós já tivemos muitos projetos na nossa mão, mas nunca deu certo porque não tivemos oportunidade de ter apoio para o projeto se estabelecer, para dar continuidade. Esse projeto tem uma importância muito grande porque ao mesmo tempo que nós estamos trabalhando na defesa do meio ambiente, trabalhando com o reaproveitamento, eu também descobri pessoas que assimilaram a proposta do projeto e estão aqui com atenção e engajamento”, afirma.

 

O relacionamento da Universidade de Fortaleza com a comunidade em seu entorno prioriza investimentos na área de educação, cultura, meio ambiente e promoção da cidadania e oferece aos moradores das comunidades atendimento e acompanhamento em atividades lúdicas, educativas e sociais. Os projetos sociais são realizados por alunos, professores e corpo administrativo, que articulam na prática a solidariedade, o voluntariado, o empreendedorismo e a consciência ambiental junto, pela integração entre a educação e diversas áreas.

 

Como fruto de sua atuação social, a Universidade já recebeu o Selo Instituição Socialmente Responsável 2012-2013 e 2014-2015 concedido pela Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES). O Selo Instituição Socialmente Responsável garante a Instituição como uma organização socialmente responsável e tem como objetivo certificar que a IES participou da campanha do Dia da Responsabilidade Social do Ensino Superior Particular e está verdadeiramente engajada com o ensino responsável.

 

PNG


Considerado o prêmio mais importante para a gestão educacional brasileira, o Prêmio Nacional de Gestão Educacional (PNGE), é realizado há sete anos como o objetivo de divulgar e reconhecer trabalhos realizados por IES, escolas e gestores. A ideia é mostrar que realmente é possível colocar em prática bons projetos e com eles ensinar, educar e desenvolver os alunos. Além disso, as práticas vencedoras se tornam espelhos para que outras instituições e executivos também encontrem maneiras eficazes de atingir a excelência.

 

DEPOIMENTOS


un248-un11

 


“Nossa parceria com a Unifor trouxe segurança. Jamais teríamos condições de comprar o maquinário para poder colocar essa fábrica para funcionar. Estamos fazendo de tudo para que ela se desenvolva com muita firmeza, assim como outros projetos que vêm ajudar na conscientização e na organização de nossa cidadania. Recebemos esse prédio, que era pequeno e deteriorado, e a Unifor fez toda a reforma e no final implantou a fábrica de vassouras. Já estamos a caminho de implantação de outros projetos para melhorar ainda mais a comunidade que moramos”.

 

Antônia Agostinho de Souza, presidente do Conselho Comunitário de Defesa Social do Bairro Edson Queiroz

 

 

 

 

 

 

 

 

un248-un07

 

 

“A fábrica de vassouras de garrafa PET é muito importante para mim. Eu estava desempregada quando fui convidada para trabalharcom o reaproveitamento das  garrafas. Fiquei encantada com a produção, achei bonito e importante o que faziam aqui e decidi que queria muito fazer parte. Tenho certeza que só temos a melhorar a cada dia”.

 

Rita Maria Holanda, artesã da fábrica de vassouras e membro da direção do Conselho Comunitário

 
Banner
Banner

Unifor Notícias | Portal Unifor | Fundação Edson Queiroz
Estude na Unifor | Central de Atendimento | Twitter
Fundação Edson Queiroz todos os direitos reservados