Banner

Unifor sedia campeonato juvenil de ginástica rítmica e classifica ginasta

Atletas de diversas partes do Brasil estiveram no Ginásio Poliesportivo da Unifor para o Campeonato Brasileiro Juvenil e Copa Brasil de Conjuntos de Ginástica Rítmica.

 

un244_pag12-fotoginastica

Atleta do Núcleo Unifor de Ginástica Rítmica , Vanessa Tavares conquistou
o 4º lugar geral do Campeonato Brasileiro Juvenil e poderá ser convocada para,
novamente, representar o Brasil na Seleção Brasileira de Ginástica.

A Universidade de Fortaleza sediou, de 8 a 12 de outubro, dois dos eventos mais importantes da categoria juvenil de ginástica rítmica no Brasil: o Campeonato Brasileiro Juvenil, onde as meninas competem individualmente, e a Copa Brasil de Conjuntos, onde cinco na quadra competem em conjunto. Foram três dias de competições, que contaram com 80 ginastas, 21 clubes e 11 estados. O evento é realizado pela Confederação Brasileira de Ginástica Rítmica, entidade responsável pela administração das competições da modalidade no país.

 

Além de sediar a competição, a Unifor participou da disputa através do Núcleo Unifor de Ginástica Rítmica, com a ginasta Vanessa Tavares, que representou o Brasil no Campeonato Pan-Americano de Ginástica Rítmica em Daytona, na Flórida e, na ocasião, conquistou a medalha de prata. Vanessa Tavares conquistou o 4º lugar geral do Campeonato Brasileiro Juvenil e entrou para o ranking das 12 melhores ginastas do Brasil. Isso significa que, a qualquer momento pode ser convocada para representar o país na Seleção Brasileira de Ginástica Rítmica. Segundo Ester Azevedo, treinadora de Vanessa e presidente da Federação Cearense de Ginastas, “a base da seleção de 2020 da Olimpíada Mundial será feita das 12 ginastas ranqueadas no campeonato que aconteceu na Unifor”

 

“É muito importante ter o Campeonato Brasileiro Juvenil em Fortaleza, o primeiro campeonato juvenil que acontece no estado do Ceará e que traz a nata da ginástica rítmica, com meninas que já chegaram a seleção brasileira”, declara Maria Cristina Vital, representante da presidência da Confederação Brasileira de Ginástica.

 

Segundo Ester Azevedo, trata-se de uma grande honra participar dos eventos. “Realizamos o Campeonato Brasileiro Juvenil de Ginástica Rítmica e a Copa Brasil de Conjuntos aqui na Unifor, o que para nós é uma grande honra, em nome da Federação, e ainda contarmos com a ginasta Vanessa Tavares, que já é da Instituição”.

 

De acordo com o chefe da Divisão de Assuntos Desportivos (DAD), da Unifor, prof. Carlos Augusto Costa, a realização de um campeonato de ginástica rítmica no estado do Ceará tem uma repercussão de grande significância. “Para nossa alegria, temos jovens talentos se destacando, como é o caso da Vanessa, que já conseguiu resultado a nível internacional. Isso é muito bom porque agrega valor à formação profissional, através do curso de Educação Física, e também reforça a vocação da Universidade para estimular e desenvolver o esporte”.

 

“Não tinha em mente chegar tão longe, comecei por brincadeira. Até que depois de um ano fui convocada para a seleção de rendimento da Unifor para competições estaduais. Comecei a competir nos torneios do estado e depois parti para os nacionais. Comecei a ter bons resultados, fui vice nacional infantil, no ano seguinte fui campeã nacional infantil e depois campeã nacional juvenil e hoje estou aqui. Essa conquista é muito importante, pois concretiza meu esforço e objetivo de representar bem o Núcleo Unifor, meu estado, Ceará, e minha pátria amada, o Brasil”, exalta Vanessa Tavares.

 

DEPOIMENTO

un244_pag12-foto-depoimento-eduarda

 

 

“Comecei na ginástica com 5 anos, descobri vendo na TV as Olímpiadas e tive o apoio de minha mãe. Para mim é uma grande felicidade fazer ginástica porque é o esporte que eu amo e estou muito feliz de estar aqui. Me esforço muito para ir além. Esse campeonato é um nível acima do meu, mas estou feliz porque tem muitas meninas boas e se eu me destaco, sou vista como boa também”.

 

Eduarda Braga Carvalho, 12, ginasta do Espaço GRM, de Minas Gerais.

 

 

 

 

 

SERVIÇO
Núcleo Unifor de Ginástica Rítmica
Para participar do Núcleo Unifor de Ginástica Rítmica é necessário ser mulher e se submeter a uma avaliação técnica agendada junto à Divisão de Assuntos Desportivos (DAD). Mais informações: 3477 3143.

 

Leia a edição completa do Unifor Notícias Nº 244

 
Banner
Banner

Unifor Notícias | Portal Unifor | Fundação Edson Queiroz
Estude na Unifor | Central de Atendimento | Twitter
Fundação Edson Queiroz todos os direitos reservados