Banner

Unifor participa do V Seminário Internacional de Promoção da Saúde

Com o tema Promoção da Saúde na Integralidade do Cuidado, o seminário teve 1.400 trabalhos inscritos e contou com participantes dos EUA, França, Canadá, Porto Rico, além de 17 estados do Brasil.

 

un244_pag11-fotoseminario-promocao-saudeO Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva da Unifor, em parceria com a Universidade Federal do Ceará e a Universidade Estadual do Ceará, realizou, de 29 a 31 de outubro, o V Seminário Internacional de Promoção da Saúde. O objetivo foi proporcionar um espaço de discussão e troca de experiências entre alunos, professores e pesquisadores sobre a promoção da saúde nos cenários nacional e internacional.

 

Para debater o tema desta edição, Promoção da Saúde na Integralidade do Cuidado, estiveram presentes profissionais e pesquisadores do Ceará, Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul, além de Estados Unidos, Canadá, França, Porto Rico, entre outros.

 

O seminário teve como principais temáticas ambientes educacionais promotores da saúde, promoção da saúde no envelhecimento, promoção da saúde e humanização do cuidado, promoção da saúde mental e cidadania, avanços e desafios na promoção da saúde no Ceará, intersetorialidade na promoção da saúde, pesquisa e interface na promoção da saúde e desafios do campo da comunicação para promoção da saúde.

 

De acordo com a coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva da Unifor, profa. Raimunda Magalhães da Silva, o seminário envolveu expositores e conferencistas de outros estados e países com o objetivo de integrar o ensino, a assistência e a pesquisa na área da promoção da saúde. “Conseguimos fazer com que houvesse uma relevante troca de experiências entre alunos e professores, em um intercâmbio que deu a oportunidade de conhecer novos realidades e saber o que está sendo feito, em termos de promoção da saúde, em outros locais do mundo e do Brasil”. Ainda de acordo com a profa. Raimunda Magalhães, foram 1.400 trabalhos inscritos e 1.047 participantes, além da presença de estados como Alagoas, Bahia, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Sorocaba, São Paulo, Tocantins, entre outros.

 

“O seminário foi um espaço para crescimento acadêmico e profissional, porque nele tivemos contato com vários profissionais de referência na área da saúde coletiva, grandes autores de livros, pessoas que publicam e são reconhecidos no meio acadêmico. Ter tido meu trabalho entre os dez melhores, considerando o grande volume de trabalhos que foram submetidos é um reconhecimento de um esforço de quatro anos de pesquisa”, conta Patrícia Moreira Colares, doutoranda em Saúde Coletiva na Unifor.

 

“Trata-se de um seminário que vem despertando interesse, valores na saúde coletiva e criando expectativa de novos eventos. Já estamos pensando no 6ª seminário, pois este teve uma grande relevância social e cultural. Tivemos trabalhos muito bons e vamos produzir uma coletânea contendo as conferências, os conferencistas e os dez melhores trabalhos apresentados no evento”, finaliza a professora Raimunda.

 

Leia a edição completa do Unifor Notícias Nº 244

 
Banner
Banner

Unifor Notícias | Portal Unifor | Fundação Edson Queiroz
Estude na Unifor | Central de Atendimento | Twitter
Fundação Edson Queiroz todos os direitos reservados