Banner

Unifor terá Centro de Entrega Global de Tecnologia

Sediado no campus da Unifor, o polo tecnológico focará em inovação e pretende criar 1.700 postos de trabalho para o mercado de tecnologia da região até 2018.

 

un244_pag06-foto-centro-de-entrega-global

Centro de Entrega Global de Tecnologia funcionará como uma academia de talentos.
No primeiro ano estão programadas 18 turmas e 3.120 horas de treinamento.

No dia 31 de outubro, representantes da Universidade de Fortaleza, da Softtek, fundadora da indústria nearshore e fornecedora global líder no mercado de TI, Prefeitura de Fortaleza e Governo do Estado Ceará firmaram parceria para a criação de um novo Centro Global de Entrega de Serviços da Softtek no Brasil (Global Delivery Center, na sigla em inglês). A estrutura, que ficará alocada dentro do campus da Unifor, será responsável pelo treinamento, capacitação e desenvolvimento do espírito empreendedor de estudantes e profissionais de tecnologia da região. A expectativa é gerar 1.700 oportunidades de trabalho até 2018, contribuindo para o crescimento do mercado de tecnologia local.

 

“Com a nova estrutura, vamos contribuir para a inovação e o incremento de Pesquisa & Desenvolvimento (P&D) no Estado do Ceará, além de potencializar a carreira de jovens da região com a formação de mão de obra altamente especializada”, aponta Blanca Treviño, presidente e CEO global da Softtek. O objetivo é que o Centro se torne o maior polo de tecnologia do estado do Ceará e um dos maiores do Nordeste do Brasil.

 

Na parceria, a Softtek será responsável pela geração de empregos, atração de clientes e execução de projetos para garantir o desenvolvimento do Centro e injeção de receita local, além do desenho, gestão e implementação do programa de geração de capacidades com instrutores, metodologias e a aplicação de conteúdos e treinamentos aos estudantes. Os Governos Estadual e Municipal fornecerão incentivos, com bolsas auxílio para os estudantes durante o processo de treinamento, máquinas e equipamentos, incentivos fiscais, além de investir e financiar projetos de P&D. Já a Unifor, proverá toda a infraestrutura física para os cursos com laboratórios de capacitação equipados, divulgação dos treinamentos e em conjunto com órgãos do governo realizar o processo de recrutamento e seleção dos candidatos.

 

“Com a abertura do novo Centro de Entrega Global, a Softtek ampliará as suas capacidades e o seu potencial de entrega de forma competitiva, além de estender estas vantagens para seus clientes atuais, bem como para empresas de toda a região Norte e Nordeste do país”, afirma Miguel Saldivar, presidente e CEO da Softtek no Brasil. O executivo ainda revela que a pretensão é que em dois anos, o novo GDC tenha capacidade semelhante ao de São Paulo e torne-se o mais importante do país para a Softtek até 2018, tanto em número de profissionais quanto em inovação e pesquisa e desenvolvimento de novas tecnologias.

 

“Sempre prezamos pela aproximação entre o mundo corporativo e o acadêmico por entender que existem inúmeras oportunidades de aprendizado para a companhia e para os estudantes nessa relação. É um prazer poder fazer essa parceria com a Unifor porque temos muitas oportunidades para os alunos da Universidade”, explica Miguel.

 

un244_pag07-fotoassinatura

A presidente e CEO da Softtek, Blanca Treviño, assina parceria
em conjunto com o vice-reitor de Administração da Unifor,
José Maria Gondim, e o diretor do NATI, Antônio Roosevelt G. Chaves.

De acordo com Fátima Veras, reitora da Unifor, a implementação deste centro trará impactos relevantes para toda a comunidade acadêmica e para a sociedade, uma vez que propiciará o desenvolvimento de projetos e pesquisas inovadoras. “Esta visão coaduna com a missão da Universidade de Fortaleza, que acredita que o desenvolvimento social e tecnológico são ferramentas estratégicas para os avanços da nossa região. A Unifor entende que essa é uma oportunidade singular no fortalecimento da interação entre a academia e o mercado. O formato proposto para polo tecnológico abrange diversas áreas de formatação, no propósito de formar profissionais altamente qualificados para atender às diversas demandas do mercado de trabalho”, enfatiza a reitora.

 

Para Antônio Roosevelt G. Chaves, diretor do Núcleo de Aplicação em Tecnologia da Informação da Unifor (NATI), essa parceria só trará bons frutos. “A proposta é oferecer ao nosso aluno o contato com a prática, além de fazer a aproximação com o mercado. Ele chegará ao mercado de trabalho bem mais focado e qualificado na área que ele escolheu. A parceria com a Softtek é a conjugação do interesse do mercado com a necessidade de se formar bem os alunos. Essa conjugação vem muito a propósito porque a tecnologia da informação hoje é a argamassa da sustentação das empresas”, afirma.

 

“O município de Fortaleza fica feliz com a iniciativa. Nós estamos aqui para garantir o desenvolvimento desse parque tecnológico, dando condições, no que diz respeito a incentivos fiscais, que são fundamentais para uma empresa que se instala aqui. A parceria Unifor e Softtek vai contribuir para a qualificação profissional, a geração de oportunidades de trabalho, fazendo de Fortaleza um polo da tecnologia, da inovação e do conhecimento”, afirma o secretário de Desenvolvimento Econômico do Município, Robson Passos.

 

Para Roberto Cláudio Rodrigues Bezerra, prefeito da cidade de Fortaleza, a parceria contribuirá para a diversificação das atividades econômicas locais, que em sua maioria são focadas na exploração do turismo, elevando a cidade a um novo patamar de desenvolvimento.

 

OS TREINAMENTOS

O programa de capacitação será voltado para os alunos de terceiro e quarto anos dos cursos de Tecnologia, Administração de Empresas, Contabilidade e Recursos Humanos da Unifor. Além dos alunos que serão contratados para o programa de estágios, também serão abertas oportunidades para profissionais recém-formados, como trainees. Os treinamentos serão realizados em período integral e terão duração de um bimestre. “Eles vão funcionar como academias de talentos”, explica o CEO da Softtek Brasil, Miguel Saldivar. A companhia vai atuar para ajudar no desenvolvimento profissional dos alunos e para que estejam ainda mais preparados para atuar no mercado de trabalho. “Mais do que treiná-los em tecnologia, vamos desenvolver competências exigidas pelo mercado e habilidades comportamentais, como relacionamento e negociação”, reforça.

 

No primeiro ano do projeto estão programadas 18 turmas e 3.120 horas de treinamentos em aula. Após as etapas iniciais do programa, quando contratado, o profissional passará para a fase de treinamentos on the job, na qual a Softtek oferecerá acompanhamento e coaching. “Nesta etapa, os contratados já são funcionários da empresa e trabalharão em projetos de mercado”, conclui Saldivar.

 

Leia a edição completa do Unifor Notícias Nº 244

 
Banner
Banner

Unifor Notícias | Portal Unifor | Fundação Edson Queiroz
Estude na Unifor | Central de Atendimento | Twitter
Fundação Edson Queiroz todos os direitos reservados