Banner

Unifor sedia o Campeonato Brasileiro de Tênis de Mesa

Aproximadamente 900 mesa-tenistas de todo o Brasil disputaram o torneio que aconteceu no ginásio poliesportivo da Unifor. Entre as categorias disputadas, estava o Ranking Paralímpico.

un-239-6Entre os dias 22 a 25 de maio a Universidade de Fortaleza sediou o 45º Campeonato Brasileiro de Tênis de Mesa. Grandes nomes do esporte reuniram-se na Universidade para a competição, entre eles Cazuo Matsumoto (83º lugar no ranking mundial), Gustavo Tsuboi (36º), o cearense Thiago Monteiro (1º no ranking nacional) e a mais recente promessa da modalidade, o atleta Hugo Calderano (78º).

Realizado no Ginásio Poliesportivo da Unifor, o Campeonato Brasileiro de Tênis de Mesa é a competição máxima da modalidade no país. Esta foi a primeira edição já no novo formato estipulado pela Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM), que dividiu o Campeonato em edição de inverno, onde são realizadas disputas individuais e de Rating Olímpico - competição onde não há divisão entre categorias para a disputa, ou seja, um atleta veterano pode competir com um da categoria mirim; e edição de verão, onde os jogos são disputados em duplas e equipes.

Aproximadamente 900 mesa-tenistas de diversos clubes participaram desta edição e disputaram, divididos nas categorias Rating Olímpico, Ranking Olímpico e Paralímpico, no masculino e feminino, as melhores colocações. O Rating Olímpico é subdividido ainda em 24 subcategorias e disputado com base nos critérios técnicos dos atletas, ou seja, os confrontos são definidos não importando a idade de cada um. O Ranking Olímpico é subdividido em 25 subcategorias e o Paralímpico é subdividido em 21.

No primeiro dia de competições (22) aconteceu a eliminatória simples do Rating Olímpico, seguida da premiação da categoria. Nos dias seguintes ocorreram as disputas do Ranking Olímpico e do Paralímpico e também foi a vez dos veteranos competirem. A premiação do Ranking Olímpico ocorreu no último dia (25).

Durante a abertura do evento o Secretário de Esportes de Alto Rendimento do Ministério dos Esportes, Ricardo Leyser, foi homenageado e recebeu uma placa em nome da Confederação Brasileira das mãos do mesa-tenista Hugo Calderano. A homenagem se deu em reconhecimento ao apoio dado ao tênis de mesa nos últimos anos, permitindo avanços da modalidade no país e internacionalmente.

un-239-2Com apenas 17 anos e figurando entre os cem melhores mesa-tenistas do mundo, Hugo Calderano, detentor de um extenso e expressivo currículo de vitórias, avaliou a realização do evento. “É a minha quarta vez no Ceará, sempre venho para disputar os campeonatos, acompanhado pelo meu técnico Hideo Yamamoto. O ginásio aqui é excelente e os espaços entre as mesas foi respeitado. Acredito que a realização desses campeonatos estão ajudando o tênis de mesa a crescer, dá para ver pelo número de atletas que vieram nesta edição. Os atletas têm de 9 até mais de 70 anos e isso é ótimo, pois os mais jovens se inspiram ao ver os mais experientes competindo. Destaco também o intercâmbio entre os estados, pois há mesa-tenistas de todo o país”, apontou.

Com os holofotes voltados para si, Calderano afirmou tentar fugir da pressão.“Tento não pensar que sou o favorito para não ter muita pressão, procuro me preocupar mais em treinar, melhorar e evoluir no esporte”. Confirmando seu favoritismo, no entanto, Hugo conquistou os títulos do Rating e do Ranking.

“Foi um dos melhores e maiores eventos de tênis de mesa da América Latina. Mais de 800 atletas e 500 acompanhantes (treinadores, árbitros e dirigentes) estiveram presentes. Nada melhor do que realizar o nosso campeonato no espetacular Ginásio da Unifor, que comportou 28 mesas, sendo 25 de jogo e 3 de treinamento. Poucos ginásios no país comportam esse número de mesas. Além do local dos jogos, a área da instituição é muito boa e isso fez com que os atletas e demais participantes pudessem chegar pela manhã e conviver o dia inteiro no campus. Agradeço todo o apoio da Universidade de Fortaleza, que certamente foi fundamentl para o sucesso do evento”, ressaltou o presidente da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa, Alaor de Azevedo.

Para Roberto Barcelos, Técnico da Academia de Tênis de Mesa Aldeota Sul (ATMAS), que veio para a competição com uma equipe de 17 atletas, a realização dos campeonatos no estado aumentou o número de praticantes da modalidade nas academias. “É o terceiro Campeonato Brasileiro que a Confederação realiza no Ceará e a divulgação do esporte ao longo das edições ajudou a aumentar o número de interessados. Trazer um evento deste nível para o estado, com os melhores mesa-tenistas do país eleva o nível dos jogadores locais e, consequentemente, o número de títulos da nossa região no esporte”.

un-239-5


“A Universidade de Fortaleza atua sempre em favor do esporte, e sediar um evento do nível do Campeonato Brasileiro de Tênis de Mesa, com grandes atletas, de nível nacional e internacional e de vários estados, só mostra o apoio que damos à modalidade, que vem crescendo, e ao esporte como um todo”, concluiu o chefe da Divisão de Assuntos Desportivos da Unifor (DAD), Carlos Augusto Costa.

DEPOIMENTO
“Estou gostando bastante desta edição. O fato de ser realizada em Fortaleza, minha casa, facilitou a minha participação, ficou mais acessível para os atletas deficientes daqui. Todos os campeonatos que já vi serem realizados aqui na Unifor possuem uma estrutura ótima, têm acessibilidade e os atletas são sempre muito bem recebidos”.
Lucas Dourado, 15 anos, atleta paralímpico, morador de Maracanaú



Leia a edição completa do Unifor Notícias Nº 239

 
Banner
Banner

Unifor Notícias | Portal Unifor | Fundação Edson Queiroz
Estude na Unifor | Central de Atendimento | Twitter
Fundação Edson Queiroz todos os direitos reservados