Banner

Responsabilidade Social Unifor: compromisso em mudar o mundo

un-239-23Está na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Nº 9.394/96). A educação superior tem, entre suas finalidades, “promover a extensão, aberta à participação da população, visando à difusão das conquistas e benefícios resultantes da criação cultural e da pesquisa científica e tecnológica geradas na instituição”. Alicerce, em conjunto com o Ensino e a Pesquisa, do tripé que caracteriza as universidades brasileiras, a Extensão Universitária é responsável pela relação entre universidade e sociedade. De acordo com o portal InfoEscola (www.infoescola.com), “é por meio da extensão que ocorre a aproximação, a integração e a parceria da universidade e da comunidade, da ciência e dos saberes popular e cultural, resultando em novos conhecimentos para a sociedade”.

De forma ampla, a Universidade de Fortaleza, a partir da vice-reitoria de Extensão e Comunidade Universitária, desenvolve projetos e ações que buscam socializar o conhecimento produzido na Universidade, reafirmando seu papel social, ampliando seus benefícios às comunidades e ajudando a transformar realidades.

Um dos braços da vice-reitoria de Extensão e Comunidade Universitária da Unifor, a Divisão de Responsabilidade Social tem a atribuição fundamental de criar e fortalecer as condições necessárias para manter aberto o diálogo da Universidade com o mundo, focando especialmente na superação das disparidades sociais e na expansão da cidadania.

“Nós vivemos em um mundo globalizado, dentro de uma realidade tecnológica, de revolução da informação. Não há mais como se admitir que serviços essenciais à sociedade continuem afetos unicamente à responsabilidade do poder público. Hoje se busca trabalhar nos âmbitos local, nacional e internacional a perspectiva da responsabilidade social. Primeiro no plano individual, eu como cidadão. Qual minha responsabilidade diante do contexto em que vivo? Se vivo em uma sociedade desigual, o que eu posso fazer para mudar esse contexto, independentemente da minha formação ou área de atuação? Daí partimos para um plano maior, que é a responsabilidade social corporativa. Atualmente as empresas procuram manter uma postura desvinculada da visão filantrópica que dominava, aquela de investir em responsabilidade social apenas pelo retorno econômico, como as isenções tributárias. A visão atual é de que é preciso fazer diferença perante clientes e comunidade. A Universidade de Fortaleza, desde sua fundação, nasce vinculada à questão social, isso é intrínseco a nossa Instituição”, pondera o chefe da Divisão de Responsabilidade Social da Unifor, prof. Carlos Eufrásio.

O desafio de superar as desigualdades sociais coloca a Unifor em diálogo com os mais diversos segmentos. Estratégias são implementadas para contribuir com as políticas públicas, gerando ações afirmativas. Através dos projetos desenvolvidos por meio da Divisão, a Unifor reforça seu compromisso com a educação, reconhecendo a mesma como a mais importante ferramenta de transformação social. Ao mesmo tempo em que contribuem na formação e qualificação de pessoas de comunidades carentes, os projetos de responsabilidade social criam espaços para que alunos da Instituição participem e desenvolvam práticas cidadãs, como o voluntariado, agregando valor à sua formação pessoal e profissional. “Procuramos difundir e solidificar as ações e projetos, alguns com décadas de existência e com resultados extremamente positivos, tanto para a comunidade como para a Universidade, tomando como foco a questão da formação acadêmica, na medida em que os alunos são convidados e motivados a trabalhar nos projetos. É um elemento que vai favorecer a formação, que deixa de ser tecnicista, para ser humanizada”, acredita Eufrásio.

Entre os projetos desenvolvidos na Unifor estão o Centro de Formação Profissional (CFP), o Jovem Voluntário, o Educação e Saúde na Descoberta do Aprender, Tô de Olho, Agentes Varejistas, Quinta Literária e o Escola de Esportes, dentre outros. Vale destacar ainda as ações e projetos desenvolvidos pelos diversos centros da Universidade, a exemplo do Projeto Cidadania Ativa e o Escritório de Prática Jurídica, vinculados ao Centro de Ciências Jurídica, e o Núcleo de Atendimento Médico Integrado (NAMI), do Centro de Ciências da Saúde.

Em reconhecimento à sua qualidade, importância e impacto, em novembro de 2012 e setembro de 2013, a Unifor conquistou o selo de Instituição Socialmente Responsável conferido pela Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES). “Ficamos muito felizes quando vemos os resultados dos projetos nas vidas das pessoas que neles participam. É extremamente importante que a Universidade, que é um espaço de produção e socialização do conhecimento, esteja envolvida com a questão da responsabilidade social de forma direta, concreta, a partir de projetos e politicas previamente definidos. Isso é claro na missão da Unifor. Ela não mantém seu conhecimento dentro dos muros. Rompe com esse paradigma, amplia horizontes, leva esse conhecimento a todos, de forma igualitária”, aponta o chefe da Divisão de Responsabilidade Social.

A Unifor tem na responsabilidade social um de suas principais preocupações. Desta maneira, o Unifor Notícias inicia, a partir deste mês, um especial sobre as ações desenvolvidas pela Universidade nesse âmbito. A ideia é lançar luz, a cada edição, a um projeto diferente. Quem abre o especial é a Escola de Aplicação Yolanda Queiroz, que há quase 32 anos oferece educação de qualidade a crianças das comunidades circunvizinhas à Unifor. O espaço serve ainda de campo de aplicação para alunos da Universidade.

CONTINUE LENDO:Escola de Aplicação Yolanda Queiroz: a educação que transforma realidades


Leia a edição completa do Unifor Notícias Nº 239

 
Banner
Banner

Unifor Notícias | Portal Unifor | Fundação Edson Queiroz
Estude na Unifor | Central de Atendimento | Twitter
Fundação Edson Queiroz todos os direitos reservados