Banner

Unifor é a 1ª universidade particular do Nordeste a conquistar edital da ANP

235_un40O chanceler Airton Queiroz recebeu, no dia 12 de novembro, o superintendente de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico da Agência Nacional do Petróleo (ANP), Elias Ramos. A visita aconteceu em um momento especial para a Universidade de Fortaleza, que acaba de ser aprovada no Programa de Recursos Humanos (PRH) da ANP. A agência selecionou a elite das universidades brasileiras capazes de formar bons profissionais e atender às demandas da área de petróleo do país. O PRH abriu edital a todas as instituições de ensino superior do Brasil e selecionou, pela primeira vez, uma universidade particular do Nordeste: a Unifor. O edital prevê a liberação de recursos e bolsas para o desenvolvimento tecnológico e formação de recursos humanos para a indústria do petróleo, gás natural e biocombustíveis.

“A diretora geral da ANP, Magda Chambriard, esteve aqui e ficou encantada com a Universidade. Ela me pediu para voltar, em busca de uma aproximação maior. Uma grande notícia foi a seleção da Unifor para o PRH, nosso programa de formação de recursos humanos, que já esta fazendo 15 anos. Através dele selecionamos universidades que vão ser agraciadas com bolsas de estudo e de pesquisa para que alunos desenvolvam trabalhos voltados para a indústria de petróleo e gás”, explica.

De acordo com o coordenador da graduação executiva em Petróleo e Gás da Unifor, professor Roberto Menescal, o processo de seleção é extremamente criterioso. “A Unifor foi aprovada porque desde 1999 vem construindo um centro de referência em tecnologia de gás. Cerca de 60% dos projetos da Mostra Energia Brasil em 2003 do Nordeste saíram de projetos do Núcleo de Tecnologia da Combustão (NTC) da Unifor. Além do NTC, temos o Laboratório de Estudos Náuticos e o Laboratório de Petróleo e Gás, que servirão de base para as pesquisas do PRH”.

Segundo o professor do curso de Petróleo e Gás, Roberto Macêdo, a Unifor conta com estudantes que geram tecnologia e muitos dos alunos graduados pela Instituição assumiram cargos de alta gerência no setor. “Se você não estiver na ponta em termos de tecnologia no país, se não for extraordinário, a ANP não escolhe você”, afirma. A Unifor participa nesta primeira etapa do PRH com as competências dos cursos do Centro de Ciências Tecnológicas (CCT). Há atualmente no campus pesquisas de robótica terrestre, robótica submarina, combate a incêndio, geração de energia, tecnologia em plantas industriais. Para Macêdo, isso permite intercâmbio tecnológico e sugere novas possibilidades.

“Nossa expectativa é que tenhamos um programa de formação de recursos humanos para o setor de petróleo e gás muito forte aqui na Unifor. Isso é só uma primeira iniciativa, uma porta de entrada para outros projetos em parceria com a Universidade. A política da ANP é fomentar o desenvolvimento da tecnologia para a indústria do petróleo, uma indústria que, para seu desenvolvimento, precisa de três coisas: reservas de petróleo, uma política industrial que favoreça a exploração dessas reservas e, a terceira, o desenvolvimento de tecnologia. Nós estamos saindo da era do petróleo fácil para o petróleo mais difícil, cada vez em profundidades maiores no mar, e isso requer tecnologias adequadas para que essas riquezas sejam acessadas em benefício da sociedade”, acrescenta Elias Ramos.

De acordo com o diretor do CCT, professor Jackson Sávio, a parceria com a ANP é de extrema relevância. “Representa um marco na contribuição da Unifor ao desenvolvimento de pesquisas que garantam a exploração segura de um recurso tão importante como o pré-sal. O edital possibilitará realizar um conjunto de ações que integrarão discentes e docentes em inúmeras atividades”.

“Este é um sonho que a Universidade está recebendo porque vai abrir muitas portas. A Unifor entrou na vanguarda da pesquisa em petróleo do país”, afirma o coordenador da Rede Nacional de Combustão (RNC), João Batista Furlan.


Leia a edição completa do Unifor Notícias Nº 235

 
Banner
Banner

Unifor Notícias | Portal Unifor | Fundação Edson Queiroz
Estude na Unifor | Central de Atendimento | Twitter
Fundação Edson Queiroz todos os direitos reservados