Banner

Pós-graduação: um passo à frente

A continuação dos estudos é cada vez mais exigida no cenário competitivo do mercado. A pós-graduação é considerada o caminho mais confiável na busca por melhores colocações na carreira profissional.

231_interna-posgraduacao


Aqueles que almejam uma posição de destaque no mercado sabem que colar grau é uma vitória a ser comemorada, mas têm a consciência de que é apenas um dos primeiros desafios da carreira profissional.

 

O Brasil passa atualmente por um processo de ampliação do número de graduados. Conforme registrado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no início do ano 2000, cerca de 6,1 milhões de brasileiros terminaram pelo menos uma graduação. Dez anos depois, foram 12,8 milhões, um aumento de 109%. Esses dados mostram que uma parcela maior da população está tendo acesso a esse tipo de qualificação, resultando em um mercado de trabalho cada vez mais competitivo e que exige profissionais ainda mais qualificados.

 

Em paralelo, o número de pós-graduados no Brasil vem aumentando significativamente. A Avaliação Trienal da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), divulgada em 2010, registrou um aumento de 20% do número de pós-graduados do país.

 

Pesquisas apontam que apostar na continuação dos estudos aumenta as chances de ganhar um salário melhor ou uma promoção. Segundo pesquisa realizada pela empresa de consultoria Robert Half junto a executivos brasileiros de alta e média gerência, publicada pela Folha de São Paulo em janeiro deste ano, 66% dos profissionais pós-graduados tiveram alta salarial após a realização de seus cursos. Dentre os que concluiram MBAs ou especializações, pelo menos 22% dobraram o salário que ganhavam antes de realizar o curso; e mais de 30% tiveram aumento de remuneração entre 20% e 50%. A pesquisa também apontou que 48% dos entrevistados que investiram em educação continuada obtiveram uma promoção.

 

A Catho, empresa de vagas e currículos online, mostrou em pesquisa realizada em novembro do ano passado que profissionais no nível de gerência com pós-graduação ganham, em média, 20% a mais do que aqueles que têm apenas a graduação. “As empresas valorizam cada vez mais a educação continuada. Atualmente dar seguimento aos estudos é um pressuposto para a contratação nas instituições. Percebe-se claramente em uma carreira bem-sucedida a presença de cursos após a graduação”, ratifica a vice-reitora de pesquisa e pós-graduação da Unifor, Lília Sales.

 

O Ministério da Educação (MEC) classifica os programas de pós-graduação em dois tipos: stricto sensu e lato sensu.

 

LATO SENSU

A pós-graduação lato sensu compreende as especializações e MBAs, cursos voltados para a atuação no mercado de trabalho.

 

O Ministério da Educação preconiza que a pós-graduação lato sensu deve ter no mínimo 360 horas de aula, totalizando em média dois anos de duração de curso, que podem ser ministradas de forma presencial ou à distância. Segundo a coordenadora da Divisão de Pós-Graduação Lato Sensu da Unifor, professora Denise Lima, a modalidade “tem uma preocupação maior com a aplicação daquilo que foi apreendido na realidade da vivência cotidiana do profissional. Aqui é discutido como aplicar diretamente a teoria em determinada empresa para que o desempenho dela melhore. A Unifor já formou mais de 7.700 alunos nessa modalidade”.

 

Para o aluno da especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho Hugo Tales, a pós-graduação lato sensu permite um ensino que atualiza e profissionaliza o graduado numa área específica.

 

“Depois que iniciei o curso, percebi as mudanças que ele provocou e que serão mais perceptíveis à medida que me dedico à atuação profissional”, acrescenta.

 

STRICTO SENSU

Os profissionais que optam por uma pós-graduação stricto sensu estão visando mais a área acadêmica, podendo dar aulas, atuar em projetos e pesquisas. Esse segmento diz respeito aos programas de mestrado e doutorado.

 

O mestrado tem, em média, duração de dois anos e o doutorado de quatro anos. Ao final, os alunos apresentam uma dissertação, no caso do mestrado, ou uma tese, no caso do doutorado. “A pós-graduação stricto sensu desempenha um papel de extrema importância em nosso país, pois é responsável pela formação de nossos professores.

 

O MEC, por sua vez, valoriza os professores com mestrado e doutorado. Ao analisar os números, percebe-se o crescimento exponencial de mestres e doutores. A Unifor já titulou mais de 1.300 alunos com os títulos de mestres e doutores”, comenta a coordenadora da Divisão de Pós-Graduação Stricto Sensu da Unifor, professora Mônica Carvalho.

 

SERVIÇO
A Unifor atualmente está com inscrições abertas para 25 cursos entre especializações e MBAs em diversas áreas. Também dispõe de cinco programas de mestrado e doutorado, nas áreas de Administração de Empresas, Direito Constitucional, Informática Aplicada, Psicologia e Saúde Coletiva, além do curso de doutorado em Biotecnologia, em parceria com a Rede Nordeste de Biotecnologia. Informações: 3477 3174 / 3178 / 3114

 

231_interna-pos18

 

 

“Estou muito satisfeito pela escolha do MBA em Gerenciamento de Projetos da Unifor. Primeiro, pela organização e abrangência do curso, que atende a minhas expectativas profissionais, contribuindo de forma direta e expressiva na qualidade e na abrangência do trabalho que tenho desenvolvido, focado na profissionalização do serviço público. Segundo, pela conjuntura operacional oferecida, representada pelo corpo docente de alto nível, coordenação proativa, estacionamentos, salas de estudos, biblioteca, salas de aula, laboratórios, praça de alimentação e toda a estrutura para oferecer as melhores condições possíveis de estudo.”

 

Edson Donato, aluno do MBA em Gerenciamento de Projetos. Diretor do Departamento de Manutenção e Serviços Gerais do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará

 

 

 

 

231_interna-pos19“Após fazer parte de empresas nacionais e multinacionais dos setores de alimento, mármore e couro, resolvi seguir carreira acadêmica em um curso de mestrado. Definida a mudança de rota, me restava escolher a instituição. Durante um ano, busquei onde poderia seguir uma formação sólida e embasada. Até que, enquanto me preparava para um processo de seleção, um amigo da família, avaliador do MEC, me indicou a Universidade de Fortaleza. Prontamente chequei itens básicos como biblioteca, linhas de pesquisa e lattes dos professores do programa de pós-graduação em Administração. Havia uma linha que abarcava o tema do meu pré-projeto. Reuni a documentação, preparei os materiais necessários e me desloquei para o processo seletivo. Eu sabia que alunos de outros estados – como eu, que venho da Bahia, de Feira de Santana – são comuns na Unifor.


De imediato, o ambiente agradável e acolhedor do campus cativa o visitante. A receptividade muito peculiar do cearense e especialmente dos funcionários da Unifor chamaram a atenção. As pessoas são felizes! Por eu ter como especialidade gestão de pessoas, os olhos treinados captam com facilidade o clima organizacional. Percebi que nesta Universidade é visível o cuidado que se tem com os princípios administrativos.


A Unifor também foi escolhida por oferecer dupla titulação junto a universidades estrangeiras, por seu alto conceito na Capes e pelo curso de doutorado que já existe na Instituição. Cada nova descoberta, a exemplo do suporte de ensino, do comprometimento do corpo docente, da inserção na ambiência local, só ratifica minhas impressões.”

 

Maely Barreto, aluna do mestrado em Administração da Unifor



 

O professor do Programa de Pós-Graduação em Informática Aplicada (PPGIA) Haroldo Menezes divide com as filhas Lara e Andreia a paixão pela área do conhecimento em tecnologia da informação. Os três fizeram mestrado na área de TI na Unifor e compartilham o carinho pela Instituição.

 

Haroldo é formado e pós-graduado em Ciência da Computação pela Universidade Federal do Ceará e foi convidado a lecionar na Unifor em 1989. Cinco anos depois, tornou-se estudante da Universidade ao fazer MBA em Administração Financeira e depois mestrado em Informática Aplicada. Após concluir sua pós-graduação, retornou a dar aulas na Unifor, dessa vez como professor do PPGIA.

 

231_internapos20

“A estrutura da Unifor é muito boa. Temos o melhor corpo docente e o melhor projeto de curso. São fatores que explicam nossa fidelidade a esta Instituição. Incentivei muito as meninas a estudarem aqui. O curso da Unifor é diferente. Conheço os professores. Dá para perceber a diferença de preparação e de foco. A organização do curso permite que a pessoa consiga separar tempo para estudo, estágio ou trabalho. Aqui também se consegue aliar bem teoria e prática.

 

Sem dúvida a pós-graduação é um ponto fundamental na formação de um aluno. O que acontece hoje no Brasil é que existem muitas oportunidades de emprego, mas o mercado está exigente quanto à capacitação, e a tendência é que se exija cada vez mais. Eu e minhas filhas montamos uma empresa de consultoria. Investimos muito em treinamentos e há vários colaboradores da empresa fazendo cursos, inclusive MBAs. Dobramos de tamanho a cada dois anos e sempre estamos recrutando pessoas da Unifor”.

 

Prof. Haroldo Menezes do PPGIA/Unifor com as filhas Lara e Andréia, mestres pelo PPGIA/Unifor

 
Banner
Banner

Unifor Notícias | Portal Unifor | Fundação Edson Queiroz
Estude na Unifor | Central de Atendimento | Twitter
Fundação Edson Queiroz todos os direitos reservados