Banner

Especial Unifor 40 anos - Depoimentos, com Gabriel José da Costa

228_seugabrielGabriel José da Costa (Seu Gabriel)
Proprietário da livraria O Gabriel

Eu vim de Recife em 1970, preso pela revolução, e tinha de fazer alguma coisa para me manter aqui no Ceará. Aí montei uma livraria no centro da cidade. Em 1975, trouxe uns livros aqui para a Universidade, vendia no chão mesmo. Fiquei quatro anos do lado de fora, em frente à Reitoria. Até que um dia o Dr. Edson Queiroz me mandou entrar e me deu uma sala para eu colocar os livros lá no bloco A, onde funcionava o curso de Direito com cento e pouco alunos. Escolhi vender livros do Direito porque é uma profissão que não se acaba nunca, sempre tem problemas e excluídos.

Dr. Edson era uma pessoa que sabia exercer sua liderança com simplicidade. E todas as pessoas o adoravam, como nós adoramos o Dr. Airton Queiroz, que está fazendo uma administração com o traço característico do Dr. Edson, mas com uma visão ainda mais adiantada. Foi isso que me fez vir para a Unifor.

O aniversário da Unifor não está sendo para a louvação da Universidade, e sim uma data para mostrar o que ela está fazendo. Esta exposição da coleção da Fundação Edson Queiroz, o trabalho do Nami, a Escola Yolanda Queiroz... A Universidade é um complexo de serviços voltado para a comunidade. Na minha terra, damos grande valor à amizade. Quando abri a livraria, percebi que mais de 50% dos alunos eram necessitados. A família se unia para pagar a Universidade. Então procurei me aproximar dos alunos para emprestar livros. Sempre aparece algum aluno com alguma coisa para eu resolver, aqui é gozadíssimo, tem de tudo.

Muitas vezes eu saio da livraria, deixo tudo aberto e ninguém mexe em nada. Eu empresto uma porção de livros para o pessoal fazer as prova e todos retornam. Nunca sumiu nenhum livro nestes anos todos. Nunca ninguém me enganou. É um vínculo que eu tenho com o aluno. O trabalho que eu faço é para que haja harmonia. Eles são como se fossem meus filhos. Todo pernambucano é fiel nas amizades. Em qualquer oportunidade, eu venho aqui, aos sábados, domingos, e de noite eu só saio quando sai o último aluno. E não posso faltar. Para eu viajar, para visitar minha filha doente, tive de escolher um feriado, e quem me deu as passagens foi o Dr. Airton Queiroz. É uma dívida de gratidão que eu tenho com ele incrível. Aqui é uma roda dentada que vai girando harmonicamente; colaboram segurança, pedreiro, eletricista, aluno, funcionário. Todo mundo colabora.

É por isso que eu me sinto satisfeito em estar aqui. A Unifor para mim não é uma segunda família, ela é minha família. Aqui é um mundo mágico onde você se sente enlaçado por alguma coisa de bem-querer: alunos, professores, ambiente... Entrei na vida da Unifor e a Unifor entrou na minha, e eu gosto. São quase 40 anos aqui dentro. É a minha felicidade.

 

Leia a edição completa do Unifor Notícias Nº 228

 

Unifor Notícias | Portal Unifor | Fundação Edson Queiroz
Estude na Unifor | Central de Atendimento | Twitter
Fundação Edson Queiroz todos os direitos reservados