Banner

Pós-graduação: hora de ir mais longe

O mercado exige conhecimentos cada vez mais amplos e profundos, o que gera a necessidade de aperfeiçoamento contínuo.

 

226_uniforEm meio à concorrência de um mercado de trabalho cada vez mais exigente e competitivo, destaca-se quem busca qualificação. A procura por profissionais mais capacitados faz dos cursos de pós-graduação um diferencial no currículo. “Hoje, com a exigência do mercado por qualificação, as empresas procuram liderança, pessoas que realmente façam a diferença dentro de uma empresa. O profissional que se forma deve ser qualificado tecnicamente e também preparado para exercer uma mudança social. Quando ele termina a graduação e faz uma pós-graduação, ele busca exatamente esse aprofundamento. Com a dinâmica do conhecimento, com as mudanças que acontecem rapidamente em todas as áreas, você precisa continuar estudando, e isso se reflete numa pós-graduação tanto lato quanto stricto sensu”, destaca a vice-reitora de pós-graduação e pesquisa, professora Lilia Sales.

 

LATO OU STRICTO SENSU?

Essa dúvida é comum entre os que buscam excelência profissional. Os cursos lato sensu compreendem especializações e incluem os cursos designados como Master Business Administration (MBA). São relativamente de curta duração e possuem um caráter prático. “O viés do lato sensu tem a ver com o mercado de trabalho e com a atuação profissional. Também existe um aporte teórico para fundamentar as ações para o mercado. O MBA é ainda mais prático que a especialização. A ideia é trabalhar sempre com cases, com o que está acontecendo no mundo, e mostrar o que o mercado espera daquele profissional”, afirma a chefe da Divisão de Pós-Graduação Lato Sensu, professora Denise Almeida.

 

226_luis

Luiz Luranilson Miranda Filho,
aluno da especialização
em Gestão Ambiental

Luiz Luranilson Miranda Filho, por exemplo, escolheu fazer especialização em Gestão Ambiental e avalia que o curso é de grande importância para sua atuação profissional. “Sou engenheiro agrônomo e trabalho com extensão rural. O curso em Gestão Ambiental abriu minha mente sobre assuntos pertinentes ao meio ambiente, me mostrou a importância de direcionar os trabalhos para a sustentabilidade tanto de recursos hídricos como de solos agricultáveis. Com o conhecimento obtido na pós-graduação, trabalho com a intenção de melhorar a vida do pequeno produtor rural. Considero esse tempo dedicado à especialização um período de evolução de ideias e conceitos referentes ao meio ambiente”.

 

Já a aluna do curso de especialização em Direito e Processo Administrativos Adriana Girão relata que a experiência foi uma boa oportunidade para fazer contatos de trabalho. “Várias razões me levaram a escolher esse curso, como a possibilidade de se atualizar e aprofundar os estudos jurídicos na área. Também é uma oportunidade única para fazer novos contatos profissionais, aumentar a empregabilidade e o rendimento salarial e, quem sabe, buscar novos horizontes na carreira da advocacia, principalmente nas atividades ligadas à administração pública”, avalia.

 

Os cursos stricto sensu são a opção de quem deseja aprofundar e desenvolver pesquisas em áreas específicas, com foco geralmente na formação de docentes e pesquisadores. Para a conclusão do curso, é necessária a preparação de uma dissertação para defesa do mestrado e de uma tese para o doutorado. Duram dois e quatro anos respectivamente.

 

226_adriana-pos

Adriana Girão, aluna da especialização
em Direito e Processo Administrativos

“Os cursos de mestrado e doutorado são importantes não só para quem quer continuar na área acadêmica, seja como professor ou pesquisador, mas também para quem está no mercado. Eles são importantes porque estimulam o pensamento crítico das pessoas a desenvolver ideias e estratégias para seus negócios”, ressalta a chefe da Divisão de Pós-Graduação Stricto Sensu, professora Adriana Rolim.

 

O aluno do mestrado em Direito Constitucional Saulo Nunes de Carvalho Almeida confirma a avaliação. Segundo ele, o mestrado é um momento único de atualização e aprofundamento de conhecimentos. “Um curso de mestrado fomenta a ousadia em seus alunos, lapida a inteligência ao levá-los à fronteira do conhecimento e os desafia a apresentar novas saídas para dilemas envolvendo questões que superam o próprio Direito. O curso stricto sensu forma pesquisadores e aprimora a competência de seus estudantes ao fortalecer suas inquietações intelectuais, estabelecendo um aprendizado libertador", aponta. Já o doutorando em Direito Constitucional Juraci Mourão Filho destaca a satisfação em adquirir um título. “É com muito orgulho que estou concluindo o doutorado em Direito Constitucional na Unifor. Trata-se de um dos poucos do Norte e Nordeste na área e o primeiro do Ceará. Ademais, sua qualidade é inquestionável. Possui professores do mais alto nível, disciplinas bem coordenadas e apoio administrativo impecável, sem falar da possibilidade de troca com outros programas do Brasil e do exterior”.

 
Banner
Banner

Unifor Notícias | Portal Unifor | Fundação Edson Queiroz
Estude na Unifor | Central de Atendimento | Twitter
Fundação Edson Queiroz todos os direitos reservados