Banner

Editorial | A arte ao alcance de todos

Educar em si é uma técnica e uma arte, tem seus limites e é um processo contínuo. O estudante acaba o curso fundamental, o ensino médio, a graduação, o mestrado, o doutorado, o pós-doutorado, mas o processo do conhecimento é infinito. Quanto mais ele conhece, quanto mais amplia sua compreensão do mundo, mais e melhor ele aproveita sua vida numa perspectiva de qualidade total.

No processo educativo, a arte, em qualquer de suas expressões, desempenha um papel fundamental ao valorizar a dimensão do sentimento e da razão de forma equilibrada. Para isso, é preciso que pessoas e instituições que estão para além de seu tempo ofereçam oportunidades de vivências artísticas de forma sistemática no sentido de amparar as mentes em formação e ampliar seus conceitos e suas visões de mundo que complementam a educação formal.

Neste contexto, a Academia Cearense de Letras, a primeira academia de letras do Brasil (1894), ao outorgar a Medalha Barão de Studart ao chanceler Airton Queiroz, ratifica a arte como meio que propicia a educação em diferentes níveis. Reconhece com esse gesto que as inúmeras ações desenvolvidas ao longo da vida da Unifor têm levado crianças, adolescentes e jovens estudantes a conviver com universos mais amplos da imaginação, da criatividade e da superação. Essa medalha é uma distinção àqueles que, como o Dr. Airton Queiroz, sabem que educação é algo a longo prazo. Quem planta educação e em especial a arte traz a certeza de que a colheita não será para si, mas para os pósteros, daí a pertinência do reconhecimento que a sociedade cearense lhe oferece. Essa é a sua colheita no presente.

Arte e educação continuam em evidência também na mostra de dança da Escola Yolanda Queiroz em homenagem à sua patrona, dando destaque a outros incentivadores como Dona Celina Queiroz. Criatividade, garra e desempenho foram a tônica do evento realizado pelo grupo de professores, alunos, funcionários e comunidade do Dendê, que deram testemunho do caminho percorrido e a percorrer: “educar para as virtudes”, como nos afi rma, de forma no mínimo curiosa, a professora T. Lisieux Maia no artigo Ser e Parecer (sessão Campus e Universidade).

A palestra do primeiro astronauta brasileiro, Marcos Pontes, o prêmio aos empreendedores cearenses, a entrevista com a atriz Regina Duarte que encerra esta edição e outros diversos eventos dizem do empenho da Unifor na educação de seus alunos e no contributo à cultura cearense ao disponibilizar, de forma contínua, arte e cultura ao alcance de todos.



Erotilde Honório
Diretora de Comunicação e Marketing

 

Leia a edição completa do Unifor Notícias Nº 225

 

Unifor Notícias | Portal Unifor | Fundação Edson Queiroz
Estude na Unifor | Central de Atendimento | Twitter
Fundação Edson Queiroz todos os direitos reservados