Banner

Editorial | Pesquisa de alta complexidade numa grande universidade

Grandes projetos de pesquisa envolvem uma gama de pesquisadores e, às vezes, uma gama de instituições de ensino. São esforços que se adicionam em busca de conteúdo relevante para a sociedade.

 

É o caso do projeto dos caprinos transgênicos, cuja matéria trazemos na capa desta edição. É uma pesquisa complexa, que faz uso da biotecnologia e quer ajudar a resolver um problema social grave: a mortalidade infantil no semiárido brasileiro em decorrência da diarreia. A doença é considerada a terceira causa de mortes em crianças abaixo de dois anos na região.

 

O projeto, em seu total, possui várias etapas, envolve instituições parceiras e exige uma pluridisciplinaridade de ciências e técnicas, trazendo em um de seus processos um resultado pioneiro no país: a transgenia de caprinos para lisozima por microinjeção. “O chanceler Airton Queiroz disse que a pesquisa era para a humanidade e que a Unifor tinha que fazer parte dela”, conta o professor Marcelo Bertolini, que junto com a esposa, a também professora Luciana Bertolini, coordena o projeto dentro da Unifor.

 

Mesmo dentro da Instituição, são vários os técnicos e estudantes de diferentes níveis acadêmicos que participam e dividem a conquista inicial. “É preciso sempre dividir os louros”, acrescenta Marcelo. O professor, aliás, durante as entrevistas para a matéria, esteve sempre preocupado em dar crédito a todos os envolvidos, conduta que enobrece e fortalece a pesquisa. O resultado, afinal, será benéfico para todos e por causa de todos.

 

Benéficos também são os vários prêmios e comendas conquistados recentemente por nossa comunidade acadêmica, incluindo uma recebida pelo chanceler por seu constante apoio à arte e à cultura no estado. A comenda foi entregue no início de julho na abertura do XIV Festival Eleazar de Carvalho, que desde 2005 é sediado na Universidade. O evento traz apresentações de música clássica e oferece cursos a jovens instrumentistas brasileiros e estrangeiros. Sônia Muniz, nossa entrevistada, que foi casada com o maestro Eleazar, nos conta detalhes interessantes sobre o Festival.

 

Agosto chegou e um novo semestre começa. Damos as boas-vindas a alunos, professores e funcionários – novatos e veteranos. Somos todos parte desta Instituição. É a junção de esforços que faz uma grande Universidade. Uma boa leitura!

 

Carolina Quixadá
Editora do jornal Unifor Notícias

 

 

 

 

Leia a edição completa do Unifor Notícias Nº 221

 

Unifor Notícias | Portal Unifor | Fundação Edson Queiroz
Estude na Unifor | Central de Atendimento | Twitter
Fundação Edson Queiroz todos os direitos reservados