Banner

Pinóquio

219_pinoquioA história de Pinóquio, cujas aventuras atravessaram o tempo desde sua primeira publicação em 1883 pelo italiano Carlo Callodi, ganha adaptação do Grupo Mirante de Teatro da Unifor. A peça traz a narrativa do mundo do boneco-menino composto por brinquedos, fada, animais falantes, perigo, tentações e amor paternal, cuja discussão central é a importância da criança de dizer a verdade. Traz uma história envolvente para os pequenos sobre os riscos de se deixar levar por conquistas fáceis, festividade e afastamento da família.

 

“O objetivo é romper com a adaptação da Disney e se basear no livro de Callodi. As falas são inspiradas no livro. Pinóquio não é bonzinho nem ingênuo. Ele não tem noção dos valores, é um menino que vai adquirindo princípios e é muito pobre. A peça ajuda, inclusive, a ver a pobreza com um outro olhar, faz mudar as referências sobre o que é pobreza e compartilha as lições de vida que o Pinóquio vai recebendo em suas aventuras”, afirma a coordenadora do Grupo Mirante, Kelva Cristina de Oliveira Saraiva, que assina direção, produção e texto da peça.

 

O Grupo Mirante, fundado em 1984, produz e encena peças infantis desde 2004. Pinóquio é a oitava adaptação do grupo, que também faz esquetes e peças teatrais adultas.

 

Pinóquio. Dias 9, 10, 16, 17, 23 e 24 de junho e 7, 8, 14, 15, 21 e 22 de julho. Teatro Celina Queiroz. Sábados e domingos, às 17h. Ingressos: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia). Informações: 3477 3175.

 

 

Leia a edição completa do Unifor Notícias Nº 219

 

Unifor Notícias | Portal Unifor | Fundação Edson Queiroz
Estude na Unifor | Central de Atendimento | Twitter
Fundação Edson Queiroz todos os direitos reservados