Banner

A Propósito de Senhorita Júlia

Ela é jovem, solteira, milionária e se relaciona com o motorista de seu pai. Questões femininas e de poder entre classes sociais são os principais temas da peça A Propósito de Senhorita Júlia, em cartaz de 2 a 4 de março no Teatro Celina Queiroz.

O espetáculo tem Walter Lima Jr. como diretor e traz Alessandra Negrini e Armando Babaioff no elenco principal. A peça é uma adaptação do clássico Senhorita Júlia (1888), do autor sueco August Strindberg, considerado o pai do teatro moderno. A encenação também tem como base After Miss Julie, do inglês Patrick Marber, que transpôs a ação para a Inglaterra dos anos 40. Na versão atual, a história se passa no Brasil no início do século 21, reforçando que os conflitos, propostos por Strindberg, permanecem atuais.

O espetáculo questiona os limites da liberdade individual e propõe dois duelos: o de sexos e o de classes sociais através do relacionamento de Júlia com Moacir, o motorista do seu pai. Júlia ainda alterna seus sentimentos: ora odiando os homens, ora os desejando de forma compulsiva. O drama do embate entre fragilidade da condição feminina e do poder do dinheiro leva a um desfecho trágico. Walter Lima Jr., diretor de filmes premiados como A Ostra e o Vento e Inocência, assina também a trilha sonora.

A Propósito de Senhorita Júlia dá início à quarta temporada do Projeto Teatro Celina Queiroz Grandes Espetáculos, que tem como objetivo inserir Fortaleza no circuito das principais produções nacionais.

SERVIÇO
A Propósito de Senhorita Júlia. Dias 2, 3 e 4 de março no Teatro Celina Queiroz. Sexta e sábado, às 21h; domingo, às 19h. Ingressos: R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia). Classificação etária: 14 anos. Informações: 3477 3175 e 3477 3033.


Leia a edição completa do Unifor Notícias Nº 216

 

Unifor Notícias | Portal Unifor | Fundação Edson Queiroz
Estude na Unifor | Central de Atendimento | Twitter
Fundação Edson Queiroz todos os direitos reservados