Banner

Tarde com arte

 Por meio do teatro, obras, artistas e movimentos artísticos são contados para crianças de maneira lúdica e interativa, projeto gratuito acontece aos sábados no Espaço Cultural Unifor. 


un-261-foto05

“Minha jangada vai sair pro mar, vou trabalhar, meu bem querer”. Embalada pelo refrão, a plateia, composta em sua maioria por crianças, ocupa seus lugares para ouvir, atenta e participativa, à história do pescador e sua busca por um peixe encantado. A narrativa se desenrola tendo como base os quadros do pintor cearense Raimundo Cela, que a partir daquele momento, passa a ser conhecido dos pequenos.

 

Estamos no Espaço Cultural Unifor, dentro do projeto Tarde com Arte, cuja ideia é apresentar o Espaço e as obras em cartaz na exposição Coleção Airton Queiroz de uma maneira lúdica e criativa para as crianças. Realizado pelos atores do Grupo Mirante de Teatro Unifor desde janeiro, o Projeto funciona em formato de circuito, com o público passeando pelas obras por meio das histórias desenvolvidas pelos atores.

 

“A priori, pensamos num público de criançasde oito a doze anos, no entanto fomos percebendo que os menores se envolvem bastante. Mesmo quando não absorvem a informação, eles assistem, participam, cantam. Percebemos também que os adultos adoram. Ficam também atentos, envolvidos e conhecendo, boa parte deles, a história destes artistas, que muitos não conheciam. Mesmo a linguagem sendo voltada para o público infantil, todos aproveitam”, explica a coordenadora do Grupo Mirante, Hertenha Glauce.

 

un-261-foto28 un-261-foto29 un-261-foto30

 

Foi por meio de uma amiga que a juíza federal Elise Avesque soube do Tarde com Arte. Ela trouxe a filha, Estela, de seis anos, para conhecer o Espaço Cultural Unifor. “Estou maravilhada com a qualidade do Espaço e das obras expostas. Acredito que o projeto é importante porque as crianças podem aprender sobre arte de forma lúdica, uma maneira diferente de observar e despertar o interesse”, opina. Para a pequena Estela, a contação de histórias foi “muito legal”.

 

Andrea Bezerra, servidora pública, veio com a filha Helena, de seis anos, e as sobrinhas Catarina, de oito, e Lívia, de nove. “É interessante essa introdução das crianças à cultura, o contato com as obras, hoje elas estão muito ligadas ao computador”, observa Andrea. “Estava comentando com uma amiga, porque acabo de voltar de viagem à Parise observei que lá é muito comum atividades para crianças em museus. Que bom encontrar iniciativas assim aqui”, continua. Já as meninas foram unânimes: adoraram as esquetes, especialmente a do Pescador, baseada nas obras de Raimundo Cela. “Tinha um peixe encantado”, conta Lívia.

 

“Aqui tem muitas artes interessantes, achei tudo muito legal!”, contou empolgado Lino Ruoso, de sete anos. Ele e o pai, o empreendedor Alexandre Ruoso, já conheciam a exposição e voltaram para conferir a contação de histórias. “É interessante pela forma lúdica de falar sobre o processo artístico, contextualizando as obras para as crianças”, acredita Alexandre.

 

Que tal uma Tarde com Arte? https://goo.gl/rNqxW1

 
Banner
Banner

Unifor Notícias | Portal Unifor | Fundação Edson Queiroz
Estude na Unifor | Central de Atendimento | Twitter
Fundação Edson Queiroz todos os direitos reservados